Imprimir  Voltar  Home 


  Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior - ANDES-SN


Data: 19/02/2018

Sindicatos avaliam andamento da greve na Uern

Representantes da Associação dos Docentes da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Aduern – Seção Sindical do ANDES-SN ), do Sindicato dos Técnico-administrativos da Uern (Sintauern) e da reitoria se reuniram na sexta-feira (16) para discutir o andamento do movimento grevista, iniciado pelos docentes em 10 de novembro do ano passado, além de pensar estratégias de ação para os próximos dias.

Os sindicatos apresentaram o panorama da greve e as principais atividades realizadas no decorrer dos últimos meses.  A presidente da Aduern SSind, Rivânia Moura, falou das audiências realizadas com o governo do estado e a ausência de proposta para os servidores da instituição, que amargam atrasos salariais desde janeiro de 2016.

O chefe de gabinete da Uern, Zezineto Mendes, demonstrou preocupação com a falta de negociação com o governo. Ele destacou que é impossível sair de um movimento grevista quando sequer há uma proposta que tente resolver o impasse e lembrou que outras categorias do funcionalismo estadual já foram procuradas pelo governo para negociar e que o mesmo precisa acontecer com os servidores da Uern.

Mobilização Nessa segunda-feira (19), os docentes da Uern se unem aos trabalhadores e trabalhadoras de todo o Brasil na manifestação contra a Reforma da Previdência. Em Mossoró, os manifestantes realizaram um café da manhã e aula pública sobre a reforma da previdência na sede do INSS (Bairro Aeroporto) e depois saíram em marcha pela Rua Felipe Camarão até a Praça do Pax.

Em Natal, a concentração para a marcha unificada está prevista para às 14h no INSS da Rua Apodi. A mobilização deverá reunir milhares de trabalhadores e trabalhadoras das mais diversas categorias do funcionalismo público e também da iniciativa privada.

Com edição do ANDES-SN e imagem de Aduern-SSind.


Fonte: Aduern-SSind


0
|
0
| Denunciar

0 comentários | 418 visualizações | 0 avaliações

Comentar esta notícia