Imprimir  Voltar  Home 


  Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior - ANDES-SN


Data: 08/10/2018

Crime de ódio leva à morte de mestre de capoeira na Bahia

O mestre de capoeira e compositor Romualdo Rosário da Costa, conhecido como Moa do Katendê, foi assassinado a facadas na noite de domingo (7) em Salvador (BA). Mestre Moa foi esfaqueado doze vezes nas costas por um apoiador de Jair Bolsonaro quando disse que era eleitor do Partido dos Trabalhadores (PT).

O suspeito, cujo nome não foi divulgado, foi preso e confessou o crime à polícia. Segundo a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), ele teria se aproximado do grupo em que Moa estava afirmado que era eleitor de Bolsonaro. O homem reagiu com violência após o mestre de capoeira afirmar que o grupo votava no PT. Germinio Pereira, primo do Mestre Moa, também foi esfaqueado no braço e teve que passar por cirurgia.

Nascido em Salvador, Moa do Katendê era um artista ligado às tradições afro-baianas. Compositor, dançarino, capoeirista, ogã-percussionista, artesão e educador, descobriu suas raízes aos oito anos de idade no “Ilê Axé Omin Bain”, terreiro de sua tia e incentivadora. Mestre Moa do Katendê falava sobre a “reafricanização” da juventude da Bahia e do processo de “reafricanização” do carnaval na Bahia, e atribuía esse processo à própria dinâmica interna da vida baiana.

Caroline Lima, 1ª secretária do ANDES-SN, afirmou que a Bahia amanheceu triste pelo assassinato. “Mestre Moa era um militante do movimento negro, do movimento de cultura afro-brasileira. Foi uma perda triste que é resultado do discurso de ódio. Não podemos deixar que isso nos abata, nem deixar que o ódio vença a esperança. Temos que seguir resistindo”, disse.

“O discurso de ódio e o projeto protofascista estão ganhando corpo e gerando uma polarização, usando da força e da violência para calar a divergência. O crime é reflexo dessa polarização e demonstra como o discurso de ódio está ganhando força no processo eleitoral”, completa Caroline.

A diretoria do ANDES-SN divulgou nota repudiando o assassinato. Leia aqui.

Com informações e imagem de Geledés.


Fonte: ANDES-SN


0
|
-1
| Denunciar

0 comentários | 844 visualizações | 1 avaliações

Comentar esta notícia