Imprimir  Voltar  Home 


  Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior - ANDES-SN


Data: 03/01/2019

Novo governo do RJ corta orçamento das universidades estaduais

O governador fluminense Wilson Witzel (PSC) iniciou seu mandato decretando um corte de 30% dos valores liquidados em 2018 com despesas operacionais. O corte atinge diversas pastas, entre elas a Secretaria de Ciência e Tecnologia e Inovação (Secti).

A Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), a Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf) e a Universidade Estadual da Zona Oeste (Uezo) sofrerão com esses cortes. As escolas técnicas também serão afetadas.

Os cortes afetam duramente as universidades, que sofreram severas reduções orçamentárias nos últimos anos. Docentes e servidores das universidades estaduais fluminenses sofreram com o atraso e com o parcelamento de salários durante o governo de Luiz Fernando Pezão (MDB), que está preso.

As despesas operacionais são as de pessoal caracterizadas como discricionárias. Também compõe o rol de despesas operacionais o valor correspondente às prestações ainda não cumpridas de cada contrato em vigor, bem como das contratações em curso.

No decreto de Witzel são elencadas exceções ao corte orçamentário. São elas: a educação básica, a administração penitenciária, Polícia Militar, Polícia Civil, Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, saúde e “funções essenciais” da justiça.

Com informações e imagem de EBC.


Fonte: ANDES-SN


+3
|
-4
| Denunciar

0 comentários | 12745 visualizações | 7 avaliações

Comentar esta notícia