Imprimir  Voltar  Home 


  Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior - ANDES-SN


Data: 19/06/2017

Docentes das Estaduais do Paraná paralisam atividades dias 20 e 30 de junho

Os docentes das Universidades Estaduais do Paraná decidiram paralisar por duas vezes suas atividades até o final de junho. Na terça (20), a paralisação será em defesa das Universidades Estaduais do Paraná contra os ataques do governo de Beto Richa. Já no dia 30, os docentes se somarão à Greve Geral, atendendo ao chamado das centrais sindicais, no esforço de barrar as contrarreformas da Previdência e Trabalhista, pela revogação da Lei da Terceirização e pelo Fora Temer.

A paralisação do dia 20 é uma proposta do Comitê em Defesa das Instituições Estaduais de Ensino Superior (Iees/PR), em virtude dos bloqueios das verbas de custeio da Universidade Estadual de Londrina (UEL), Universidade Estadual de Maringá (UEM) e Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), além do comunicado do governo sobre a inclusão da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) e da Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro) no Sistema Meta4, a revelia dos conselhos universitários e da comunidade acadêmica.

O Sistema Meta4 faz com que todos os procedimentos financeiros das universidades, como despesas com verbas de custeio e folha de pagamento passem para o controle direto da Secretaria da Fazenda paranaense, retirando autonomia universitária. Os Conselhos Universitários das sete universidades estaduais paranaenses, reunidos em Londrina no dia 12 de junho, divulgaram nota conjunta na qual criticam os ataques do governo do Paraná às instituições de ensino.

Confira aqui a nota

Leia Mais

Docentes das Estaduais do Paraná debatem autonomia e indicam paralisação

Com informações de Sinduepg-SSind e imagem de Sesduem-SSind.


Fonte: ANDES-SN


0
|
0
| Denunciar

0 comentários | 718 visualizações | 0 avaliações

Comentar esta notícia